• pt
  • en

  • Paulo Lisboa


    Sem título, 2012
    Grafite s/ papel
    100 x 70 cm
    Vista parcial da exposição "ab OVO" (2012) na Livraria Sá da Costa, Lisboa. Cortesia do artista



    Sem título, 2011
    Grafite s/ papel
    42x29,7 cm



    Sem título, 2013
    Grafite s/ papel
    100 x 70 cm
    Vista parcial da Exposição colectiva "Nas imediações do desenho", 2014,
    Galeria Carlos Carvalho - Arte contemporânea, Lisboa




    Sem título, 2016
    Grafite s/ papel
    50 x 35 cm



    Sem título, 2016
    Bell & Howell 179 diplomat, película 16mm intervencionada, papel vegetal, ferro, ímans



    Sem título, 2018
    Grafite s/ alumínio
    150 x 100 cm
    Vista parcial da Exposição individual "Imagines Plumbi", 2018, Galeria Graça Brandão, Lisboa.
    Créditos fotográficos: Fernando Brízida




    Sem título, 2011
    Grafite s/ papel
    42x29,7 cm



    Sem título, 2018
    Projector de slides (Reflecta Diamator AF), borracha, berlinde



    Sem título, 2018
    Grafite s/ alumínio
    150 x 100 cm




    Paulo Lisboa nasceu em Lisboa, Portugal, em 1977.

    Estudou Artes Plásticas – Pintura, na Escola Superior de Tecnologias | Instituto Politécnico de Tomar e frequentou o mestrado em Desenho na Faculdade de Belas-Artes de Lisboa | Universidade de Lisboa.

    Apresentou as exposições individuais Imagines Plumbi, Galeria Graça Brandão (2018), Lisboa, Portugal; Secção, Casa Museu Medeiros e Almeida (2016), Lisboa, Portugal; Plasma, Galeria Graça Brandão (2016), Lisboa, Portugal; Phosphora, Galeria Graça Brandão (2015), Lisboa, Portugal e Plateau, Sala Bébé, (2010), Lisboa, Portugal.

    Entre as exposições colectivas em que participou, destacam-se Anuário – Uma visão retrospectiva de arte no Porto, Galeria Municipal do Porto (2019), Porto, Portugal; Muitas vezes marquei encontro comigo próprio no ponto zero, com curadoria de Marta Rema , Atelier – Museu Júlio Pomar (2019); Portugal, Portugueses, Museu Afro Brasil (2016), São Paulo , Brasil; In Absentia, com curadoria de Marta Jecu, Galeria Graça Brandão (2015), Lisboa, Portugal; A Rainha Vermelha, com curadoria de Marko Stamenkovic (2013), Ghent, Bélgica; Straight ahead and then turn, Espaço Avenida (2011), Lisboa, Portugal; O movimento das coisas / Coisas em movimento, M.I.M.O. – Museu da Imagem em Movimento (2011), Leiria, Portugal; VLTRA TRAJECTVM, Expodium (2011), Utrecht, Holanda; Hotchpotch, LxFactory (2010).

    Paulo Lisboa é representado pela UMA LULIK__ desde Abril de 2019.




    Ao utilizar este website está a concordar com a utilização de cookies de acordo com o nossa política de privacidade.